Skip links

O que é SEO e como ele deve ser feito?

Empresas que possuem um site e/ou loja virtual sempre irão desejar está na primeira página do Google e ainda ir além, está em primeiro lugar no ranking de pesquisas. Mas com esse objetivo em mente, surgem-se algumas dúvidas, existe algum serviço para isso? Qual é? Como ele deve ser feito? Esse serviço “mágico” existe sim! E ele se chama SEO ou Search Engine Optimization (Otimização dos Mecanismos de Busca).

O que é SEO?

Falando de forma simples e direta, o SEO consiste basicamente em fornecer informações aos motores de busca (ex: Google, Bing e Yahoo) sobre o conteúdo presente em seu site, visando ganhar autoridade em cima de seus concorrentes, gerando melhoria de ranqueamento nas pesquisas e aumento significativo de tráfego.

Um projeto de SEO é formado por um conjunto de técnicas e de profissionais de diferentes setores, podendo-se encontrar programadores, designers, redatores, publicitários, analistas de performance, entre outros. Deve-se existir uma excelente sincronia entre essas técnicas e os profissionais, pois para cada projeto de SEO existirá uma concorrência diferente, exigindo formas de planejamento únicas.

Como fazer SEO de qualidade:

Dividimos um projeto básico de SEO em 16 pilares, no quais separamos tópicos internos onde você poderá utilizar como base de estudo e planejamento.

1. Layout & Arquitetura:

  • Conteúdo deve ser claro e aberto;
  • Evite anúncios em cima do conteúdo;
  • Crie conteúdo hierárquico;
  • Mantenha uma navegação limpa;
  • Use “nofollow” para anúncios e links afiliados;
  • Utilize URLs amigáveis;
  • Deixe informações de contato sempre visível;
  • Inclua as paginas de “políticas de privacidade” e “sobre”;

2. Pesquisa de palavras-chave:

  • Escolha sabiamente suas palavras-chave;
  • Mantenha uma palavra-chave principal por página;
  • Verifique a competição pelo título (Google “allintitle:”sua palavra-chave);
  • Pegue as palavras-chave dos seus competidores;
  • Sempre monitore sua taxa de cliques (CTR);

3. Title Tags:

  • Utilize sua palavra-chave principal em seu título;
  • Faça-o “clicável”;
  • Adicione sua marca no final;
  • Não repita palavras-chave;
  • Formula “Title Tag”: Palavra-chave em foco + Palavra-chave secundária + Nome da marca;
  • Se mantenha entre 50 – 60 caracteres;

4. Meta Descriptions:

  • Escreva algo resumido e direto;
  • Inclua a palavra-chave principal o mais rápido possível;
  • Se mantenha entre 150 – 160 caracteres;

5. Header Tags:

  • Utilize uma única tag H1 para cada página;
  • Use a principal palavra-chave no H1;
  • Use palavras-chave de indexação semântica latente (LSI Keywords) nas tags H2 & H3;

6. O conteúdo:

  • Empregue a palavra-chave principal no primeiro paragrafo;
  • Conteúdos longos estão relacionados com melhores rankings;
  • Mantenha a densidade das palavras-chave entre 2% – 4%;
  • Escreva textos com palavras-chave de indexação semântica latente;
  • Adicione links internos & externos;
  • Priorize qualidade ao invés de frequência;
  • Configure Rich Snippets & Dados Estruturados;

7. User Experience:

  • Diminua sua Taxa de Rejeição;
  • Utilize software de “scrollmaps”;
  • Utilize rastreamento via “heatmaps”;
  • Reduza o uso de pop-ups;
  • Tenha cuidado com anúncios intersticiais (anúncios prévios ao carregamento da página);
  • Tenha um site otimizado para dispositivos móveis;
  • Configura páginas 404 amigáveis;
  • Implemente um certificado SSL;

8. Google Analytics & Search Console:

  • Observe as palavras-chave que seu site possui mais impressões;
  • Observe as palavras-chave em que seu site está mais bem posicionado;
  • Atribua links internos as páginas com mais impressões e melhores rankings;
  • Verifique & Corrija erros de crawling (rastreamento);
  • Configure & Submeta um sitemap.xml;

9. Velocidade do site:

  • Otimize o tempo de carregamento (Desktop/Mobile);
  • Aproveite o cache do navegador;
  • Faça a compactação dos arquivos de JavaScript;
  • Faça a compactação dos arquivos de CSS;
  • Reduza o tempo de resposta com o servidor;

10. Otimização de imagem:

  • Adicione um texto alternativo (Alt Text) para todas as imagens;
  • Use um nome descritivo para os arquivos;
  • Comprima o tamanho da imagem;

11. Link Building:

  • Construa links a partir de sites com grande autoridade de domínio (Domain Authority);
  • Relacione os sites por tópicos;
  • Adicione links dentro do conteúdo;
  • Siga os backlinks dos competidores;
  • Diversifique seus Links & Textos Âncora;

12. Recuperação de Penalidade no Google:

  • Fique atento quando seu tráfego cair;
  • Remova links ruins;
  • Negue ligações desconhecidas;
  • Verifique se há hacks;
  • Apresente um pedido de reconsideração;

13. Mídias sociais:

  • Esteja sempre ativo nas redes sociais;
  • Configure um Twitter Card;
  • Configure um Facebook Like Box;
  • Configure uma Google Plus Badge;
  • Adicione botões de curtidas e compartilhamentos;
  • Encoraje seu público a compartilhar seu conteúdo;

14. Promoção de conteúdo:

  • Encontre um conteúdo popular em seu nicho e melhore-o;
  • Use ativos de compartilhamento (ex: infográficos);
  • Divulgue via E-mail;
  • Compartilhe conteúdo de outras pessoas, visando à reciprocidade;

15. Dicas & Conselhos gerais:

  • Aprenda sempre e o máximo possível;
  • Fique ligado nas atualizações no “Search Engine Land”;
  • Seja paciente;
  • Dispense técnicas suspeitas (Black Hat);
  • Não faça spam;